Projeto leva desenvolvimento sustentável solidário para a atividade pesqueira artesanal

O projeto visa ampliar a formação dos pescadores e pescadoras, e sua participação social.

O projeto “Pesca Solidária” do Banco Comunitário Preventório terá duração de 18 meses e deverá apoiar organizações de pescadores de 4 comunidades contempladas localizadas em Niterói (Jurujuba, Lagoa de Piratininga e Boa Viagem) e São Gonçalo (Porto Velho, Gradim, Boa Vista, São Gabriel, Guaxindiba, Porto Novo, Boassú e Pedrinhas). O projeto tem como principal objetivo desenvolver o potencial dos pescadores e suas comunidades com atividades desenvolvidas baseadas em três pilares: cooperativismo, economia solidária e educação ambiental. 

Segundo a organização, a iniciativa prevê com atividades e ações a formação e integração desses trabalhadores(a) do segmento da pesca artesanal e coletores de mexilhões e fomentar a organização coletiva desses com os princípios da economia solidária e contribuir para o fortalecimento da participação social dos(a) pescadores(a), na reivindicação dos seus direitos.

Além disso, a ampliação e melhoria na infraestrutura dos espaços físicos das organizações de pesca, para o desenvolvimento comunitário e assim contribuir para a otimização da produção e da comercialização na cadeia do pescado.

O coordenador do projeto, Márcio Aldo dos Santos, explicou a importância das ações que serão desenvolvidas.

Busca-se auxiliar estas organizações de pescadores em Niterói e São Gonçalo, a partir do Banco do Preventório, que é uma das organizações da Economia Solidária do município de Niterói. A ideia é que a partir da formação em Economia Solidária, Associativismo/Cooperativismo, Direitos Humanos/Pescador Artesanal, Cidadania, Compras Públicas, Controle Social e participação, possamos fortalecer o processo produtivo, de comercialização e estruturação da cadeia de valor da pesca artesanal destes territórios.

Márcio Aldo dos Santos

Desde seu início, em janeiro de 2022, já promoveu três encontros de formação que foram marcados por muita troca de conhecimento e debates importantes sobre o desenvolvimento do projeto e seu principal objetivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.