APALAP realiza assembleia geral para sua fundação

Na foto o presidente da APALAP, Luiz Mendonça, fala sobre a importância da assembleia para a associação

Na última segunda-feira, (6)  ocorreu a Assembleia Geral para a formalização da Associação dos Pescadores e Amigos da Lagoa de Piratininga (APALAP), com integrantes do Subprojeto Pesca Solidária,  marcada pela organização coletiva que possui grande importância para a garantia de direitos e estruturação de suas atividades.

A assembleia teve início com a fala do coordenador do subprojeto Pesca Solidária Márcio Aldo dos Santos, sobre a influência que a fundação da APALAP pode trazer para a aplicação e conhecimento a respeito de boas práticas ambientais na Lagoa de Piratininga.

Nesta ocasião, em sua abertura, contou com as presenças de diversas personalidades que apoiam o nosso projeto, entre elas podemos destacar: Maria Hosana (Presidente do Banco Preventório),  Maicon Carlos (Subsecretário de Economia Solidária), Igor Baldez (Subsecretário de desenvolvimento econômico), Marcos Rodrigues (Professor da UFF), Luiz Mendonça (Presidente da APALAP), Francis de Andrade (Presidente da AMORBELA) e Almir César Filho (MAPA). Também estava presente o Bruno Plastina Coordenador de Extensão da Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (FIPERJ),  que falou sobre a importância de boas práticas de manipulação e beneficiamento do pescado.

“A FIPERJ hoje contribui  para o cadastramento desses pescadores nas políticas públicas, contamos com técnicos especializados, como estado ela tem muitas frentes para ajudar esse pessoal e a Associação “, disse.

Bruno Plastina

Na pauta do evento, temas relacionados à economia solidária, carteira de pesca, meio ambiente, sustentabilidade, entre outros se fizeram presentes “O que está acontecendo hoje é algo que nós da economia solidária desejamos fazer há muito tempo, que é constituir associações e cooperativas das cadeias produtivas da cidade de Niterói.”, disse o Subsecretário de Economia Solidária, Maicon Carlos.

De acordo com o presidente da APALAP, Luiz Mendonça, atualmente, são 23 pescadores que fazem parte da associação. ” Estamos em um caminho que está sendo maravilhoso e esperamos que os nossos objetivos sejam alcançados para nossa melhoria diária.”, disse.

Criada em 2022, a APALAP é uma associação civil, filantrópica, sem fins lucrativos, apartidárias, autônoma em suas decisões. Um dos seus objetivos  é promover a melhoria das condições de trabalho e renda para garantir a valoração econômica e a sustentabilidade socioambiental da cadeia da pesca na lagoa de Piratininga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.